Chinesa que coletava lixo nas ruas salvou mais de 30 bebês durante sua vida e deixou legado de amor e compaixão

loading...

Algumas pessoas têm muito o que ensinar ao mundo sobre amor e compaixão. Um exemplo disso é a chinesa Lou Xiaoying, uma senhora que aos 88 anos já tinha salvado mais de 30 crianças que estavam abandonadas.

De origem humilde, ela e seu marido Li Zin, coletavam lixo na comunidade de Jinhua, província de Zhejiang, na China. E foi durante essas coletas que eles encontraram alguns bebês abandonados nas ruas e resolveram cuidar de cada um deles.

A primeira criança encontrada foi uma menina, em 1972. O casal, que já tinha uma filha biológica, não hesitou em socorrê-la e dar a ela uma segunda chance.

large_article-2181017-144aac67000005dc-240_306x472-min

Ver a menina crescer forte e saudável foi o que motivou Lou e seu marido a continuarem acolhendo. Infelizmente, em 1995, Li Zin faleceu, mas ainda assim, continuou adotando as crianças encontradas.

O ultimo bebê que ela adotou foi Zhang Qilin, encontrado em uma lixeira quando a senhora já tinha 82 anos de idade. De acordo com ela, o nome do menino significa “raro” e “precioso” e, para cuidar dele, contava com a ajuda de seus filhos mais velhos, visto que já estava muito debilitada devido a idade avançada e um problema nos rins.

A filha biológica do casal, Zhang Caiying, agora com 49 anos, dedicou sua vida a cuidar dessas crianças. Essa família se tornou uma lenda entre as comunidades e um exemplo de amor e esperança.

Loading...

large_article-2181017-144aac74000005dc-58_634x421-min

Lou Xiaouyng pôde nos mostrar que apesar da extrema pobreza que ela e seu marido passavam eles nunca deixaram isso ser um motivo para não fazer o bem ao próximo. E nessa longa e dura jornada, acabaram salvando mais de 30 vidas.

Infelizmente, em 2014, foi noticiado no BON TV China o falecimento de Lou Xiaouyng, aos 91 anos, devido à um problema de insuficiência renal.

Ela partiu, mas deixou um legado de muito amor por todos os seres vivos. Um grande exemplo de ser humano.

Gosta desta página -->

large_article-2181017-144aac63000005dc-571_634x421-min

O abandono de bebês e o infanticídio ainda é algo que acontece muito na china devido à pobreza e a lei do filho único. Mas pessoas como essas nos mostram que ainda é possível ter esperança e acreditar em um mundo melhor.

Gostou dessa história? PARTILHE!

Gosta da nossa página no Facebook

loading...
loading...
Loading...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *