Descubra por que os sucos de caixinha podem fazer muito mal à sua saúde

loading...

Você já deve estar cansado de ouvir que nem sempre as coisas são o que parecem, não é? E esta lógica, infelizmente, também vale para os alimentos ou líquidos que consumimos.

Muitos parecem ser saudáveis ou são vendidos com a promessa de serem, mas a realidade é bem diferente. E um grande exemplo disso é o famoso suco de caixinha. Pois é, não se enganem com a foto de uma fruta na embalagem. Quer saber o porquê? Vamos por partes.

A “polêmica” envolvendo o suco começou há algum tempo. Por lei, é determinado que todo esse tipo de produto especifique o teor mínimo de fruta presente na composição. Ou seja, o quanto realmente vêm da fruta que estampa a caixa.large_malef_cios-do-suco-de-caixinhaImagem do Site Remediodaterra.com.br/Reprodução

No entanto, após avaliação do IDEC (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), foi constatado que boa parte dos fabricantes não estava seguindo a norma de divulgar a informação, o que levantou suspeitas a respeito da qualidade do produto.

E entre os especialistas, o produto tem pouco prestígio. E aqui chegamos na parte mais interessante: afinal, por que o suco de caixinha, também conhecido como néctar de fruta, “engana”?

Para início de conversa, o suco de caixinha conta com grande quantidade de açúcar. Para se ter uma base, costuma ser a mesma ou até mais do que se encontra em refrigerantes. Para cada 200 ml, são despejadas até duas colheres de açúcar. Não é pouca coisa. Sem contar que já existe o açúcar natural da fruta.

large_sucos-de-fruta-industrializados-fazem-bem-a-saude-8

Em média, o consumo de três copos equivale a um acúmulo de 300 calorias. Ou seja, uma porção média de batata frita. Não parece mais tão atraente para a dieta, não é?

Loading...

Além disso, estes sucos contém muito sódio, que quando consumido em larga escala, pode prejudicar gravemente os rins (a ponto de ter influência na formação de pedras) e influenciar para que uma criança adquira pressão alta no futuro. E vale a ressalva também para o fato de haver o uso de corantes e aromas, o que não costuma fazer muito bem.

Gosta desta página -->
large_alimentos-que-parecem-saud_veis-mas-n_o-s_o

Gosta da nossa página no Facebook

Imagem do site Saudedica.com/Reprodução

Outro detalhe fundamental é que no processo de industrialização, muitas vitaminas da fruta são perdidas. Principalmente quando a concentração de fruta no produto não atinge sequer o mínimo obrigatório por lei.

A principal recomendação é que o suco de caixinha seja substituído pelo suco natural. Mas, isso não quer dizer que o néctar de frutas deva ser abolido do consumo. A questão é realmente compreender onde ele é benéfico e onde não é.

Em entrevista ao portal Extra, a nutricionista Ana Paula Bortoletto dá uma importante recomendação de cuidado na hora da compra: “Uma boa dica é olhar a ordem dos ingredientes no rótulo. Se ao açúcar aparece primeiro do que as frutas, significa que aquele produto tem mais açúcar do que qualquer outra coisa”, diz a especialista.

large_11-sucos-caixinha-malImagem: Divulgação

Sobre a avaliação do IDEC, a ABIR (Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcóolicas) diz que é bastante questionável. Em nota, argumentam que a IDEC se utilizou de um método não reconhecido por órgãos competentes do país.

Entretanto, de qualquer forma isso não invalida a questão dos malefícios do suco em caixinha. A interferência seria em questão a “propaganda enganosa” que se criou em cima de algumas marcas após os dados do IDEC.

E você? Ainda confia nos sucos industrializados?

loading...
loading...
Loading...

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *